sexta-feira, 30 de outubro de 2015

DETESTO QUEM FURA FILA! FURE A FILA DA MORTE, MAL EDUCADO!



FILA DA MORTE? QUEM MUITO DEVE, DIZ: CREDO! ENTRE NA FILA!

Todo mundo detesta fila de toda sorte!
É no banco, no mercado, até  pra passaporte...
Cortar fila mostra tremenda falta de educação!

Não há um simples mortal que mesmo quieto suporte!
Fica tão desvairado que confunde o sul com o norte!
Perdido, sem GPS, sem direção, sem a menor noção!

Mantendo a serenidade diz ao fura fila: se importe!
As boas maneiras vem do berço, não vem de mavorte!
A escola educadora da vida é do berço uma extensão!

Portanto, seu fura fila, pegue seu rumo, seu transporte
e não olhe para trás, siga a seta e lhe desejo boa sorte!
Tirar vantagem ao furar fila, mostra bem sua função!

Não faça nada por esporte, mostre postura, mostre porte!
Seja o primeiro, mostre coragem em furar a fila da morte!
Assim, será exemplo! Não, não ganhará prêmio! Exceção!

Na fila da morte tem vaga, quer ser o próximo? Quer aporte?
Entre na fila! A posição é intransferível, na sua vez, se conforte!
É uma fila só! Não tem a prioritária! Na vida tem, na morte não!

Foz do Iguaçu, 30/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 30/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 30/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite

http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

NOSSO AMOR AO BRINDE


Quero-te tal qual uma rainha soberana,
por muito mais do que uma semana.
Quero que fique lendo poesia na cama,
comparando-se tal qual uma decana...

Quero-te ao meu lado junto ao brinde,
que faremos com taça, ao deslinde
do pacto do nosso amor que te alinde,
e prometo nada deixar que te melindre...

Este sonho, que se realize, é meu desejo!
Eu tenho sede, ambição e é o que almejo!
Nosso amor é impar, é singular e sobejo...
Nosso amor nos faz bem, e é benfazejo!

Nosso amor é transcendente e é anímico!
Explica-se, demonstra-se, algo químico!
Relação ao imaterial do ser, pantomímico!
Nosso amor é belo, formoso, apolínico!

Foz do Iguaçu, 29/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 29/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 29/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

ALMA NO RELUME!


No atrito,
contrito,
arrependido,
e compungido!

Estou aflito,
restrito,
neste distrito
infinito!

Bendito
espírito,
expedito,
êxito!

Ínclito,
invicto,
convicto,
estrito!

Enfim, estrito!

Incólume!
Volume!
Na vida, negrume!
Na morte, no cume!
No paraíso, lume!
Paz anímica!
Meu ser exógeno, some!
Meu ser endógeno, assume!

Estou no relume!

P.S.: Alma é um termo derivado do hebraico nephesh, que significa vida ou criatura , e também do latim animu, que significa "o que anima". Na religião possui grande importância, sendo o motivo de haver capacidade ao indivíduo a fazer e viver coisas e momentos complexos.

Foz do Iguaçu, 27/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 27/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 27/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

FRASES, PENSAMENTOS e COMENTÁRIOS - 4 - OUTUBRO/2015


16. Comentário sobre a prosa poética "Meditação" de Lúcia Constantino. Estou em meditação, envolto em um silêncio interior, em paz no interior de uma gruta, numa caverna que aninha minha alma, numa verdadeira Paz de Deus! Assim me sinto ao terminar de ler sua prosa poética, Meditação! Estou numa gruta de suntuosidade e de esplendor! Abraços musicais e de fé! Paz e Bem! Bom fim de semana e bom feriado! Meditemos enquanto temos tempo e vida! - Ariexiet/outubro de 2015

17. Também sou criança que tem fonte de amor com brilho excelso! Sou fonte de alegria, sou um sol neste mundo encantado! O mundo da criança é encantado! Cheio de vales, um mundo que é recôndito de paz! Adulto, enfeite-se de luz em todo instante de sua vida e deixe a criança do seu interior vir brincar e me abraçar! - Ariexiet/outubro de 2015

18. À prosa poética  "Sagradas mãos" de Lúcia Constantino, assim comentei: Mãos que afagam, mãos que me seguram, mãos que me asseguram, mãos que me apertam carinhosamente num abraço cheio de calor...Enfim, mãos de mãe! "Ainda hoje, seu céu me alimenta"... Sabe, minha mãe fez em 08 de setembro, 86 anos. Foi acometida por um AVC e está acamada na casa de meu irmão desde janeiro... Não reclama e espera em Deus, ainda andar! Pura e verdadeira fé! Parece um anjo! Belo texto que você nos presenteou! - Ariexiet/outubro de 2015

19. Bernard Gontier, perfeita sua colocação: "semelhante atrai semelhante"! Pois é, participam da mesma massa, pois são farinha do mesmo saco! Políticos corruptos negam o magnetismo, pois a política gera políticos de polos iguais que se atraem e traem toda a Nação e subtraem da Nação! - Ariexiet/outubro de 2015

20. O sofrimento nos ensina! Quando o aprendizado é um hino, deve ser cultivado e cantado! O amor tem destas coisas! - Ariexiet/outubro de 2015

Foz do Iguaçu, 21/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 21/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 21/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

PIMENTA ARDE!



Inteligente tem dúvida!
Pobre sempre tem dívida!

Idiota sempre tem certeza!
Para ele é com toda clareza!

Árduo é ter luminosa ideia!
Pior, sem aplauso da plateia!

Cura por remédio natural ou químico,
às vezes contraria laboratório cínico!

O interesse é não proporcionar a cura,
pois rende mais tudo à escura, porventura!

Às vezes, empresários não vê vantagem!
Pudera, menos verba na suja engrenagem!

A nova ideia vai à patente de outro país!
Terra tupiniquim chupa o dedo, infeliz!

Fácil é desistir, imundice!
O que é que eu te disse?

Fugir, atitude de covarde!
Pimenta, só nos dos outros, arde!


Foz do Iguaçu, 21/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 21/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 21/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

FRASES, PENSAMENTOS e COMENTÁRIOS - 3 - OUTUBRO de 2015


11.No fundo do poço só existe um lugar para olhar, para cima... A luz de sua saída aponta e dirige-se ao céu! - Ariexiet - out/2015

12. Há momentos em que o melhor lugar para se estar é no fundo do poço, porque nele a única opção que temos de sair, é subir com a ajuda de Deus! Por exemplo, livrar-se das drogas! - Ariexiet - out/2015

13. Não existe fundo de poço tão profundo, fundo, que Deus não possa resgatá-lo! A paciência é a caçamba e a fé em DEUS é a corda para o resgate! - Ariexiet - out/2015

14. Às vezes é preciso cair e chegar ao fundo do poço para vestirmos o traje da humildade e em genuflexão orar a Deus e pedir para que Ele incline seus ouvidos, atenda a nossa oração e que nos lembre de que sozinhos não somos suficientes para nos resgatar e nos livrar da angústia! - Ariexiet - out/2015

15. Comentário sobre a crônica "Trapaça" de Celso Panza. Esta crônica é o retrato do dia-a-dia, na atual conjuntura! A trapaça quando costumeira e contumaz é um mal incorporado quem dela faz uso. Ela é viciante, basta verificar que não querem largar o osso. Usam de todos os artifícios na mesa da barganha (trapaça). Não interessa o país, interessa apenas os próprios interesses. Ela (trapaça) é na verdade uma traição que envolve o logro e é uma ação de má fé. Em Ezequiel 11, questiona-se: "são estes os homens que maquinam vilezas e aconselham perversamente nesta cidade"? Sim! Aqui, temos estes fantoches (capi) comandados por um maestro (capo) canastrão que usa do deboche e ironia. Até quando? Há de acabar, pelo olhar otimista! Tenhamos fé! - Ariexiet/outubro de 2015


Foz do Iguaçu, 21/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 21/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 21/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

terça-feira, 20 de outubro de 2015

FRASES, PENSAMENTOS e COMENTÁRIOS - 2 - OUTUBRO/2015

6. Como um povo que não tem educação, vai exigir de seus
políticos um debate com lógica e razão? Nunca! Logo este povo
subserviente facilmente será manipulado através de paixões!
O populismo posterga a pobreza, a ignorância e mantém o povo
preso sob a ilusão de que só os bens materiais importam ao votar. 
O populismo facilita a corrupção e a mesma fica arraigada e por fim ela se institucionaliza! Frases que elaboro seguindo o raciocínio do pensamento e discurso de Gloria Álvarez da Guatemala.
"El populismo ama tanto a los pobres que los multiplica" - Mariano Grondona". O corrupto é escroto! O escroto é uma excrescência e emporcalha todo lugar limpo! Para ele, escroto, todo lugar é esgoto! Antes eu falava, depois eu pensava! Isto é ruim! 
Não falo o que penso, pois o que penso não posso falar!
No lixo do meu falar nervoso, saem palavras malditas! 
No luxo do meu calar, saem sussurros benditos! 
Amém! Preciso aprender a ficar calado! Então, eu escrevo!
Acreditemos em nossas ideias e sigamos agindo, segundo a nossa maneira, independente dos olhares e conjecturas dos críticos! - Ariexiet/outubro de 2015

7. A educação proveniente dos nossos pais e a dos nossos mestres são eficazes e eficientes e elas se complementam! Verdade! A recebida da sociedade é suplementar, isto é, ela pode ser capaz de ampliar o complementar quando bem regida, porém a informação midiática mascara as informações. Prevalece o que já se adquiriu como cultura! Na verdade, ao povo existe a falta de informação! Culpa desta falta de informação é atribuída às ondas midiáticas que navegam na frequência errada. Atribuo aos programas sem nexo e às novelas que de forma subliminar vem a aniquilar a instituição família. Nós, pais, somos os maiores responsáveis por transmitir educação e a cobrar de nossos filhos!  Adendo: precisamos sempre do trinômio -: Família, Educação e Religião! - Ariexiet/outubro de 2015

8. Boa tarde, Celso e Gontier! Carta alentadora e que nos estimula a continuar o registro e a divulgação das nossas ideias! Incluo-me nesta sua seara, pois também já fui vilipendiado, por crônicas e por artigos. Comento assim: A maquiagem, do crítico que critica  o assunto que se contrapõe ao seu próprio ponto de vista, não muda a pessoa e nem seu comportamento! Ele é fiel às leis do espalhador de migalhas e esta fidelidade é sintomática. O jogo é deles, mas não disponibilizemos a nossa bola, deixemos o jogo rolar! Sempre terão 90 minutos e mais os acréscimos para poderem torcer para o próprio time! A essência não muda! São outros ou sempre os mesmos pardais sobre o alpiste! Nada é mais semelhante a um político sujo, compromissado apenas com o seu próprio interesse, que um pardal. O pardal tem seguidores e andam em bando! Tem em todo que é lugar, não serve pra nada, não canta, é feio, e ainda defeca pelo país inteiro. Na verdade, pardal nunca foi exegeta! Abraços musicais e de fé! - Ariexiet/outubro de 2015

9. Realmente, depois dos 60 foram anos de dores e enfado... Com a tecnologia e outros cuidados a vida tornou-se mais longeva, e quanto mais, mais crianças as pessoas se tornam. Vida mais longeva, mas com menos dores e menos enfado! Deixemos as crianças que temos dentro de nós tomarem conta, pois elas têm sabedoria embutida na ingenuidade! Bela crônica, meu amigo virtual da época de infância! Vamos correr até o fim? Abraços musicais e de fé! - Ariexiet/outubro de 2015

10. Ausência de quórum, ontem, (dia 06/10/2015) atribuído aos legisladores que não retornaram de suas bases. Desculpa de uma terça feira e hoje sucedeu-se igualmente, e não se sabe o porquê! Talvez porque a Nau dos maus escolhidos para legislarem ao favor do povo,  deva estar navegando em outros interesses. Interesses espúrios! A pedalada nas contas não é um exercício físico, mas um ato de má fé! Esta troca de ministros, com o motivo de acertar o timão da República, para a navegabilidade, ou seja governabilidade, mostra mais uma vez que faz tempo que na política não revela pessoa de grande tirocínio, que tenha habilidade para ler o "sextante" e dirigir a Nau para o rumo certo, relativo às questões políticas, sobretudo quanto à economia. O atual timoneiro não sabe ler o sextante, por isso não sabe em que latitude está! Perdeu-se de certa forma, a forma do estadista, faz tempo! - Ariexiet/outubro de 2015

Foz do Iguaçu, 30/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 30/06/2015
Publicado no Recanto das Letras em 30/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

SAUDADE DA NOSSA JUVENILIDADE


SAUDADE DA MINHA JUVENILIDADE - NOSLEN

Ah, meu país!
Em 1948, minha família era feliz!
Eu vim sob os cuidados da obstetriz!
Eu vim ao relento, ao rebento, à luz!
Nasci com saúde sob a proteção de Jesus!
Nasci sob os cuidados de uma parteira!
Hoje é doula que acompanha a gestação inteira!

Olhem só, se não dá saudade, sou fonte reminiscente,
vou descrever o que tenho na minha velha mente:

Não existia arrastão!
Quase não havia ladrão!

Quase não havia latrocínio!
Hoje, tem e não cabe no raciocínio!

Quase não havia crime!
A canção tinha letra sublime!

Havia o Circo Giacomelli de tourada!
Havia Circo Teatro, uma jornada!
Havia o Circo do Orfei, Italiano!
Cada semana num lugar! Varava o ano!

No circo, assisti "O Ébrio" de V. Celestino!
Ao cinema, assisti filmes desde menino!
Footing, paquerar em volta do quarteirão da praça!
Hoje vejo união diferente que chego achar graça!
Está fedendo a boca da égua e a desgraça grassa!

Fogão à lenha, aquecendo serpentina! Rotina!
Pilão pra paçoca e forno de barro no quintal!
Torrar café e moer em casa! Era bem legal!
Banheira, água quente trazida pela serpentina!

Telefone era ligado pela telefonista!
Só rico o possuía, pequena era a lista!
Na máquina digitava-se o texto! Cópia com carbono!
Cópia no mimeógrafo e todo erro era um transtorno!
Fotos no fotógrafo, era raro pois era caro! 
Tiravam-se poucas fotos, nas décadas, lá atrás!
Pena, pois pouco registro, pouca história! Aliás...

Sinto saudade da minha meninice com toda ardência!
Bétis, pular corda, bola de gude, coisas da adolescência!
Hoje é celular, tablet, notebook, redes sociais e modernidade...
O jovem é sedentário e tornou-se perdido, sem identidade!

Não havia clube, nem piscina...
Cidade de 900 m de altitude...
Era muito frio...Neblina...
Era trabalho honesto e atitude.
Negócios com o fiador "pelo do bigode"...
Biotônico Fontoura, vê se pode?
Óleo de fígado de bacalhau, uau!

Tenho saudade... da minha mocidade...
Da juventude, da total saúde...
Da minha cidadezinha, amiúde...
Sobrou-nos grande vicissitude!

SAUDADE DA MINHA JUVENILIDADE - BERNARD GONTIER

Telefones eram pretos,
geladeiras eram brancas.
Mimeógrafo tinha cheiro forte.
Ladrão? Nem de galinhas eu vi. 
Circo Orfei eu vi. Vim, vivi e tenho vivido.
Vivido com Proteção de Jesus, 
de Nossa Senhora e de São José. 
Igreja da matriz, 
com coreto e chafariz. 
Praça com pipoca, 
senso de humor, espirituosidade, 
ou se preferir, presença de espírito, 
em quase toda a gente, rica, pobre, remediada. 
O Brasil foi alegre 
com jabuticabeira e mortadela. 
Dá saudade mesmo.

Foz do Iguaçu, 19/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 19/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 19/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

FRASES, PENSAMENTOS e COMENTÁRIOS -1 - OUTUBRO de 2015


1. A disciplina é irmã da boa conduta! Ela respeita hierarquia, ela acelera a respiração para que toda tarefa seja terminada a contento, e quase sempre no prazo anterior ao estabelecido. Às vezes, torna-se sofrida e a ansiedade exacerbada pode levar à depressão, se algo parece que não sairá exatamente ao planejado. O ansioso planeja seu voo com planos B, C, etc, pois o decolar e o pouso devem ser perfeitos e sem risco nenhum. Disciplina não é nada menos que submissão e ocorre dentro do respeito às regras. Não servi exército, mas trabalhar na Operação da CESP (Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica) foi como se ali servisse, pois tal serviço deve sempre ser altamente disciplinado. A interrupção de energia deve ser o menor possível, pois têm usuários de consumo energia com importância maior: hospitais por exemplo. Enfim, ter disciplina traz a satisfação do trabalho ser e estar realizado, sempre! - Ariexiet/outubro de 2015

2. Democracia ainda não é perfeita, está amalgamada ainda a ilicitude, isto é, de que tudo pode, e não pode. A democracia ainda carrega a cultura do nepotismo português, não são palavras minhas, mas são verdadeiras...Não existe "Ensaio sobre a cegueira" de José Saramago, o que existia era uma cegueira que atingia mais de 50% da população, mas parece que está existindo uma cura, embora devagar, oftalmológica na população! Convergimos nas ideias e nos valores éticos, morais, sociais, religiosos (Tudo em nome do Senhor Jesus), adquiridos através dos ensinamentos provenientes de nossos pais e de nossos mestres... - Ariexiet/outubro de 2015

3. Cada um tem a sua opinião, às vezes não (nem) tão opiniosa! Quanto ao programa Roda Viva (e não Roda Morta), tem entrevistas estratosfericamente extraordinárias, vou apenas lembrar a de Paulo Francis, quando ele citou visionariamente um monte de coisas erradas (p. ex. corrupção nas empresas) que só agora foram a público! Realmente a imprensa não colabora com notícias verdadeiras e transparentes aos olhos dos incautos, mas nós sabemos disto! Quanto ao Hélio Bicudo a cuspir no prato que comeu, deve ser porque o prato se mostrou deveras ruim, pois não apenas o Hélio Bicudo, 93 anos, saiu, como mais doze influentes e conhecidos pela ferrenha luta pelo partido, saíram, do partido, bem partido atualmente, quando comparado ao do seu nascimento! Há perdas de membros +ou- de dez anos para cá! Já saíram Marina Silva, Luiza Erundina, Luciana Genro, Cristovam Buarque, Marta Suplicy...Aqui já também! Enfim, respeito quem é fiel aos seus princípios e continuam no partido... Achei as respostas da Livre-Docente Janaina C. Paschoal coerentes e bem fundamentadas! Vamos aguardar os próximos capítulos e o próximo movimento deste jogo de xadrez político... - Ariexiet/outubro de 2015

4. Atrevo-me a comentar uma aula que ainda não tenho condição para tal. Uma estratégia, como área de escape, para tirar o exegeta fora do caminho, da trilha da corrupção. O malandro sempre tem um plano B para o escape da sua aterrizagem. Acontece, que parece que o aeroporto da malandragem corrupta está se fechando para pouso e decolagem! Esta agremiação fez um jogo tão sujo e violento que me dá a impressão (s.m.j.) de que houve conexão de causas e de crimes, pois as causas e os delitos estão tão intimamente ligados, de tal forma, que não possam ser julgados separadamente, pois os diversos agentes estão como colados uns aos outros como farinha que forma o mesmo pão. Creio que um agente sabia da conduta do outro, portanto não existiu, segundo minha opinião, novamente s.m.j., autoria colateral! Eram títeres comandados por um profissional experto, perito em marionetes subservientes! Onde cada qual recebia o seu soldo pelo trabalho (crime) praticado! - Ariexiet/outubro de 2015

5. Que a paz de Deus, a alegria, e a saúde nos circundem! O irremediável, remediado está, já nos é expressão conhecida! Graças a Deus, obedecemos "orai uns pelos outros", pois eu oro para a família minha e de minha esposa, pelos amigos reais, efetivos, e pelos virtuais já efetivos...e a saber, não tenho inimigos! Para participar da Santa Ceia, do corpo e do sangue em nome do Senhor Jesus, a obrigação é de estar reconciliado com todos irmãos: significa pedir perdão a Deus tendo já reconciliado com todas as pessoas! Meu filho diz que pedir desculpas por algo feito é desnecessário, pois a culpa já está embutida, portanto cabe apenas a pedir perdão. A culpa não se desfaz! Concordo com ele. Gesto de amor: acabei de orar para um conservo que está neste momento passando, ele e a esposa, por cirurgias, concomitantemente, pois ele está doando um rim para ela... Graças a Deus existe a compatibilidade...Escolho, como piloto, pousar no aeroporto da sua página, Gontier, porque encontro condições plenas de êxito e de ótima leitura! Seus textos são um alívio para nossas almas! Sou feliz por ser seu amigo,embora virtual! A saber: moro em Foz onde tem o brilho da mesma natureza que você sempre embeleza com as cores de suas palavras! - Ariexiet/outubro de 2015


Foz do Iguaçu, 19/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 19/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 19/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

POPULISMO ABUSA DA INGENUIDADE!



Crônica nersística em forma de poema!

A certidão primeira pra nascer é registro!
A certidão pra casar é enlace benquisto!
A certidão pra morrer é arquivo morto!
Paga-se pra nascer, pra casar e pra morrer!
Paga-se pra trabalhar! Não é fácil viver!

Com documento você é livre, leve e solto!
Sem ele não se anda a direito nem a torto!
A não ser que seja parlamentar! Imunidade!
Já o pobre coitado, só inclemência e impiedade!

Você adquiriu a sonhada minha casa, minha vida?
Colocou o carro na garagem, aumentou sua dívida!
Você comprou a longo prazo seu sonhado carro? 
Se sim, você entrou na oferta enganado! Escarro!

Adquiriu também linha branca? Aparelhou chança!
Adquiriu pose de classe média por semelhança?!
Sem nenhuma orientação de quanto usar do salário,
ficou solitário pelo salafrário! Não adianta comentário!

Perde a casa, e o dinheiro já pago, pela inadimplência!
Isto, smj, foi ato de má fé, não houve transparência!

Agora a crise em crise te endividou até o fescoço!
Dinheiro não vale e você está no fundo do poço!
Sabe seu moço, avisei, o mal come até o caroço!
Deu crédito pro cartão de crédito, vai pro choço!
Populismo não dá cantroço, só migalhas do almoço!
Só Deus cuida deste alvoroço, eles querem seu pescoço!

Essa praga há de se findar, não há mal que sempre dure!
Corrupto, se você estiver sob a ira de Deus, se segure!
Ficará tão combalido que não haverá remédio que cure!

O pobre coitado, suado e surrupiado é até depenado, pois é!
Moral da história: pobre, nunca queira ser o que você não é!
Ao estulto sobra o palito, pois o astuto já chupou o picolé!


Foz do Iguaçu, 15/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 15/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 15/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

terça-feira, 13 de outubro de 2015

SISTEMA "S" - BRASILEIRO - FUNCIONA FORA DA CONCEPÇÃO - CAIXA PRETA





TÉCNICA DOS "S" - BRASILEIRO - SERÁ QUE OBEDECE A NORMATIZAÇÃO DA SUA CRIAÇÃO? NÃO!

Agora descreverei os "S" brasileiros

O aperfeiçoamento profissional é uma modalidade de ensino que prepara as pessoas para o mundo do trabalho. Ele serve para atualizar ou complementar os conhecimentos que o trabalhador já possui.

Para ajudar na qualificação e na formação profissional de seus empregados, os empresários têm no Sistema S um forte aliado. Formado por organizações criadas pelos setores produtivos (indústria, comércio, agricultura, transportes e cooperativas), as entidades oferecem cursos gratuitos em áreas importantes da indústria e comércio.

O Sistema S conta com uma rede de escolas, laboratórios e centros tecnológicos espalhados por todo o território nacional. Também há ofertas de cursos pagos, geralmente com preços mais acessíveis do que oferecidos por instituições particulares de ensino.

Qualificar e promover o bem-estar social e disponibilizar uma boa educação profissional é a finalidade do Sistema S, que conta com 11 instituições, entre elas o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que dá orientações sobre como abrir e gerenciar uma empresa e contratar funcionários. Veja as outras:

SENAI  (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) - a quem cabe a educação profissional e aprendizagem industrial, além da prestação de serviços de assistência técnica e tecnológica às empresas industriais.

SESI (Serviço Social da Indústria) – promove a melhoria da qualidade de vida do trabalhador e de seus dependentes por meio de ações em educação, saúde e lazer.

As duas instituições acima são subordinadas à Confederação Nacional da Indústria. Além dessas, outras organizações do Sistema S são: 

SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) – educação profissional para trabalhadores do setor de comércio e serviços.

SESC (Serviço Social do Comércio) – promoção da qualidade de vida dos trabalhadores do setor de comércio e serviços.

SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) – educação profissional para trabalhadores rurais.

SENAT (Serviço Nacional de Aprendizagem em Transportes) – educação profissional para trabalhadores do setor de transportes.

SEST (Serviço Social de Transportes) – promoção da qualidade de vida dos trabalhadores do setor dos transportes.

SESCOOP (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo) – aprimoramento e desenvolvimento das cooperativas e capacitação profissional dos cooperados para exercerem funções técnicas e administrativas.

Fontes:
CNI
Sebrae
Senai
Sesi

Além dos "S" tem:

IEL (Instituto Euvaldo Lodi) – Sob a CNI - capacitação empresarial e do apoio à pesquisa e à inovação tecnológica para o desenvolvimento da indústria.

Considerações sobre 5"S" - Brasileiros - Será que funciona de acordo com o figurino, ou é de acordo padrão "fifa"...

1. O destino dos recursos administrados pelo Sistema “S”
Alexsandro Pereira de Carvalho, Vanessa Cristina Lourenço Casotti Ferreira da Palma
www.jusbrasil.com.br/topicos/2879528/jus-navigandi
Educação profissionalizante é tema imprescindível para as pretensões de qualquer nação que aspire ao ingresso no seleto grupo de países de vanguarda tecnológica. As instituições que compõem o Sistema S, criadas na década de 40, vêm, ao longo desses mais de sessenta anos de existência, desempenhando um importante papel na formação de mão de obra para o setor produtivo nacional. Entretanto, a ampliação do parque industrial brasileiro tem demandado um número cada vez maior de profissionais habilitados. É neste cenário inovador que se faz necessária a busca por soluções para a escassez de mão de obra qualificada no país.
O Poder Legislativo, através do PL 1754/07, de autoria do Deputado Federal Átila Lira (PSB-PI), e o Executivo Federal – por intermédio do Ministério da Educação -empreenderam esforços políticos e estratégicos com o intuito de tentar redesenhar o papel do Sistema S na realidade do ensino profissionalizante no país. Na época, foram realizadas várias plenárias tendo como ponto norteador a ideia de discutir o modelo de gestão dos recursos visando ampliar a gratuidade nas escolas do Sistema. Tais iniciativas desde o início foi rechaçada veementemente pelas Confederações que administram esses recursos, sob o argumento de que “o governo quer estatizar um setor que se sustenta com verba privada”, argumentou o presidente da CNI, Deputado Federal Armando Monteiro, em matéria veiculada pelo jornal Valor Econômico, em 05/05/2008.
Vários aspectos jurídicos permeiam o tema, iniciando com o direito administrativo na medida em que tais instituições são consideradas pela doutrina integrantes das entidades paraestatais, em seguida o assunto é submetido ao crivo do direito tributário no que concerne ao reconhecimento da gênese da contribuição e por derradeiro, aspectos constitucionais vão ser suscitados por ambos os lados no bojo da problemática em questão.

2 Sistema “S”- Conceito, origem, e marcos regulatórios
O conceito de Sistema S é amplamente debatido pela doutrina. Vários são os doutrinadores administrativistas que se debruçam sobre o assunto. Trazemos à baila o entendimento de Hely Lopes Meireles (2005, p. 336), para quem esse Sistema:
“São Serviços Sociais autônomos, instituídos por lei, com personalidade jurídica de direito privado, para ministrar assistência ou ensino a certas categorias sociais ou grupos profissionais, sem fins lucrativos, sendo mantidos por dotação orçamentária ou contribuições parafiscais. São entes paraestatais de cooperação com o Poder Público, com administração e patrimônio próprios, revestindo-se na forma de instituições convencionais particulares (fundações, sociedades civis ou associações) ou peculiares ao desempenho de suas incumbências estatutárias.”

3 A polêmica criada pela proposta de mudança
As discussões se iniciam em meados de 2008, quando o Governo Federal divulga a intenção de enviar para o Congresso Nacional Projeto de Lei com intuito de modificar a repartição dos recursos do Sistema S, buscando ampliar a oferta de cursos de formação profissional gratuitos a alunos das escolas públicas e a trabalhadores desempregados que recebem o seguro-desemprego.
Como vimos anteriormente do total que é repassado ao Sistema S, um por cento financia a formação profissional (SENAI/SENAC) e um e meio por cento é reservado a atividades sociais (SESI/SESC). Conforme matéria veiculada no site do MEC, pela proposta, a origem da verba permaneceria a mesma (dois e meio por cento sobre a folha de pagamento das empresas), mas os percentuais de repartição dos recursos se inverteriam. Assim, um e meio por cento seria destinado à formação profissional e um por cento a atividades sociais. Isso implicaria num incremento na verba que se destina a área educacional da ordem de vinte por cento do total destinado ao sistema anualmente.
Os empresários se apressaram e em nota publicada no site da Confederação Nacional da Indústria, esclareceram que “ O Sistema S é bem-sucedido porque os cursos oferecidos atendem às demandas do setor produtivo, e não a políticas públicas de educação”.
Já o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e deputado federal, Armando Monteiro Neto, classificou a proposta como “uma tentativa encabulada de estatização”. Para Monteiro, o projeto tem cunho “confiscatório” e não leva em consideração as necessidades do setor privado. “O foco do Sistema S não pode ser a educação pública, ainda que eu reconheça que o Brasil necessita de mudanças importantes nesse sentido”, disse o deputado no debate promovido em 16/05/2008 pelo jornal Folha de São Paulo, onde foi discutida a proposta.
Sobre o tema, o Ministro da Educação, Fernando Haddad, defendia a viabilidade da proposta, em artigo divulgado pela Assessoria de Comunicação Social do MEC, publicado no Jornal Valor Econômico em 05/05/2008, sob o título “Podemos formar muito mais e melhor”, ele alegava que a reforma partia de algumas premissas importantes. Para o ministro, ao se compreender as premissas, se compreendem as propostas. Passando em seguida a explicitá-las “ a primeira delas é de que o recurso arrecadado da sociedade deve financiar a gratuidade. Se a sociedade está pagando, o aluno deve ter acesso a um curso gratuito. Isto não inibe a cobrança de matrícula, mas se o aluno está pagando, a matrícula do pagante não deveria ser contabilizada em termos de repartição dos recursos do sistema”.
Os debates sobre a proposta só resistiram até a entrada do vice-presidente – à época, José Alencar – na questão. Ele foi chamado pelas Confederações, que resistiam à intenção do MEC de enviar o projeto de lei ao Congresso, para intermediar as discussões e tentar alinhavar um acordo. Depois de várias reuniões os empresários conseguiram demover o Governo da ideia de enviar o Projeto de Lei ao Congresso. O acordo resultou na edição de três decretos (6.633, 6.635 e 6.637/2008), publicados simultaneamente em 5/11/2008, eles inovam os respectivos regulamentos do SENAI, SESI, SESC e SENAC.
Pelo acordo, no caso do SENAC, a proposta foi efetivada no Decreto n° 6.633/2008, art. 51, determinando o cronograma a ser cumprido por este órgão até 2014, destinados a programas de gratuidade, iniciando com vinte por cento, a ser atingido em 2009, até sessenta e seis por cento a ser atingido em 2014. Ao SENAI, o Decreto n° 6.635/2008 (art. 68) determinou cronograma no mesmo período, iniciando com cinquenta por cento em 2009 e sessenta e seis por cento a partir de 2.014. Já o SESI, embora deva cumprir cronograma semelhante, estipulado pelo Decreto n° 6.637/2007 (art. 69), divide-se em duas metas, uma para educação, entre vinte por cento em 2009 até trinta e três por cento a partir de 2.014 e outra destinada à gratuidade, com seis por cento em 2009 até dezesseis por cento a partir de 2.014.
Registre-se, que, pelo menos em tese, todas as alterações têm natureza regulamentar aos objetivos definidos em lei, já que os decretos foram editados com base no ar. 84, IV da CF/88, conferindo ao presidente competência de editar normas para o fiel cumprimento das leis.
Definitivamente, não era o desfecho que o MEC desejava. Entretanto essa iniciativa representa uma das poucas tentativas de se modificar a realidade de um sistema tão poderoso que administra recursos expressivos que crescem a cada ano.
Destarte, o que amplia a polêmica é, acima de tudo, um conceito político/ideológico, inerente ao projeto de desenvolvimento do País, que vive historicamente numa disputa entre o público e o privado.

4 Considerações finais
As divergências em torno do regime jurídico ao qual devem se submeter os Serviços Sociais Autônomos, se privado ou público, vem, de fato, aprimorar os contornos dessa categoria peculiar de pessoas jurídicas, pois, por terem sido idealizadas a mais de sessenta anos, ainda sob égide da era Vargas, indubitavelmente, carecem de maior precisão técnica os institutos legislativos que os normatizam, sempre à luz dos princípios norteadores de nossa carta política de 1988.
As argumentações aqui suscitadas demonstram que o Sistema se mantém de contribuições parafiscais compulsórias, reside neste ponto o cerne da temática, pois apesar da inegável relevância do papel desempenhado pelas entidades do Sistema, não é sensato, nem correto, ou defensável, que o trabalhador brasileiro, mesmo que indiretamente, financie uma entidade paraestatal que se sustenta por intermédio de contribuição compulsória, como se fosse uma empresa que vise lucro, cobrando mensalidades e, por vezes, alienando os seus serviços educacionais aos mesmos trabalhadores que financiam o empreendimento.
O insigne mestre GERALDO ATALIBA (2008, p. 178) nos ensina: “é preciso que haja correlação lógica entre os beneficiários dos recursos e os contribuintes”. É nesse diapasão, que enfatizamos o caráter de compulsoriedade dessa contribuição que apesar de administrada pelo setor privado, deve atender às demandas não só do setor produtivo, mas de toda a sociedade. Devendo se comprometer com a ampliação da gratuidade, e não ter na sua grade cursos na sua maioria pagos, se desvinculando, desta forma, da finalidade proposta.
Temos a oportunidade de implementar um amplo debate na sociedade brasileira, visando dar racionalidade a destinação destes recursos. As lideranças das associações de classe do empresariado, que desde a década de 1940 vêm administrando essa verba pública, ao assinar o acordo com o MEC, sinalizam a intenção de rediscutir alguns pontos. Surge, dessa forma, a possibilidade de expansão da oferta de vagas gratuitas na educação profissional, medida de grande impacto social.
Temos a oportunidade de implementar um amplo debate na sociedade brasileira, visando dar racionalidade a destinação destes recursos. As lideranças das associações de classe do empresariado, que desde a década de 1940 vêm administrando essa verba pública, ao assinar o acordo com o MEC, sinalizam a intenção de rediscutir alguns pontos. Surge, dessa forma, a possibilidade de expansão da oferta de vagas gratuitas na educação profissional, medida de grande impacto social.
À guisa de conclusão, podemos afirmar que a luta para o redirecionamento de uma parte dos recursos dessas contribuições para implementar a gratuidade é imprescindível, entretanto, de nada adiantará as iniciativas aqui propostas sem uma mudança na estratégia político-institucional de fiscalização da destinação desses recursos.

5. Comentário
O SESC (Serviço Social do Comércio), como o SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), entidades administradas pela Confederação Nacional do Comércio, por outorga do Decreto-Lei nº. 9.853/46 e Decreto-Lei n° 8.621/46, nasceram credenciadas tão-somente para planejar e executar medidas que contribuam para o bem estar social e a melhoria do padrão de vida dos comerciários e suas famílias e da difusão e aperfeiçoamento do ensino comercial, formando e treinando mão de obra destinada a atender o segmento de comerciantes, conforme está preceituado nos respectivos artigos primeiros de cada Decreto-Lei acima identificado.

Logo o objeto fim tanto do SESC como do SENAC é cuidar da formação, treinamento e aperfeiçoamento da mão de obra operária do Comércio e, para isso, recebem contribuições tributárias recolhidas mensal e compulsoriamente das empresas de comércio, como assinalam as duas legislações de base, e ainda, de forma anômala e ilegal, de boa parte das empresas de serviços que não têm nenhuma relação com o segmento de compra e venda de mercadorias e bens.
Mas hoje — nas barbas das autoridades, do Governo, do Judiciário — sabe-se que há algo de estranho no reino da Dinamarca. O SESC-SENAC cobra diretamente do trabalhador cursos que deveria oferecer gratuitamente e faz acintosas publicidades a respeito dos cursos oferecidos à classe trabalhadora como se fosse uma divulgação normal. De forma absurda, os valores cobrados ao trabalhador são bem mais elevados que os oferecidos por  escolas de ensino técnico privadas.

Leia mais: http://jus.com.br/artigos/26310/sesc-e-senac-burlando-a-lei-cobram-por-cursos-profissionais-aos- trabalhadores#ixzz3oT8moQzz

6. Outro comentário
Há que se investigar o sistema 5S, especialmente o SENAI.
Este sistema recebe 3,1% de todos os Encargos Sociais arrecadados no Brasil. O sistema foi implantado para que o sistema Confederação-Federação das indústrias desenvolvesse a educação tecnológica de qualidade no Brasil. Não se deve esquecer que este sistema é sustentado pelo tributo pago. Logo, paraestatal!
Deve ter unidade do SENAI fazendo distribuição de lucro para seus dirigentes. Investigue!
Além de serem subsidiados, cobram mensalidades nos cursos tecnológicos.
A educação está errada no Brasil todo. 
Os empresários andam reclamando através suas federações. 
É momento deles fazerem a lição de casa.

Foz do Iguaçu, 13/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 13/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 13/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

SISTEMA "S" - JAPÃO - FUNCIONA DENTRO DA CONCEPÇÃO - CAIXA TRANSPARENTE



TÉCNICA DOS CINCO "S"
Sensos para o jeito de agir, de colocar a mão na massa.
1. Seiri, Straighten up, Sort out, Senso de Utilização
2. Seiton, Set in order, Set in Order, Senso de Ordenação
3. Seiso, Shine, Sweep, Senso de Limpeza
Sensos para o jeito de ser:
4. Seiketsu, Standarlize, Standartise, Senso de Saúde
Este senso é baseado na emoção, no sentimento sobre a prática.
Promove a padronização saudável.
5. Shitsuke, Sustain, Senso de Autodisciplina
Este senso é baseado na razão. Estimula o compromisso.

1. Texto:
O 5S surgiu nas empresas do Japão, durante a reconstrução do país depois da segunda guerra mundial.

Depois da guerra, os japoneses receberam orientação de especialistas americanos para o controle da qualidade. O que os americanos faziam bem foi aperfeiçoado no Japão, formando-se o que ficou conhecido como Qualidade no Estilo Japonês, ou Total Quality Control (TQC - Controle da Qualidade Total). É o controle dos processos para assegurar o resultado final, entregando os produtos conforme expectativa do cliente.

O papel do 5S é cuidar da base, facilitando o aprendizado e prática de conceitos e ferramentas para a qualidade. Isso inclui cuidar dos ambiente, equipamentos, materiais, métodos, medidas, e, especialmente, pessoas.

No princípio, o 5S era mais focado em liberar área, evitar desperdícios, resolvendo efeitos de guerra e de gestão inadequada. Com os novos desafios, inclusive a evolução da tecnologia da comunicação, o 5S evoluiu.

2. Significado

5S representa cinco palavras japonesas que começam com a letra S. Não é fácil encontrar em outro idioma palavras que têm o mesmo significado de cada termo na cultura nipônica. Por exemplo: Seiri já foi traduzido como seleção, descarte, senso de utilização. Seiketsu aparece como higiene, padronização, senso de saúde.

E há certo sentido: com o Seiri, fazemos seleção, ou seja, separamos o que é útil de o que não é útil, que será descartado. Assim, é facilitado o uso. Com senso de utilidade/utilização dos recursos, isto é, senso de utilização, a seleção e o descarte e o uso serão mais adequados. No entanto, a palavra descarte, por exemplo, fortalece o sentido de jogar fora, dando pouco valor ao sentido de uso.

Quanto ao Seiketsu, a higiene depende de seguirmos padrões saudáveis de uso, ordem e limpeza. A expressão senso de saúde representa nossa sensibilidade para avaliar as boas práticas (as práticas saudáveis), capacidade de padronizá-las, assegurando a saúde. Considere saúde para tudo: física, mental, social, financeira, ambiental etc.

A tradução utilizando a palavra senso se tornou uma das mais divulgadas no Brasil a partir de meados da década de 1990. Além de iniciar com S, facilitando a didática do 5S, este termo remete ao bom senso, característica de pessoa sensata. A prática do 5S é um bom meio de apurar a sensatez. Com isso, o 5S deixa de ser uma coisa de fábricas, máquinas, ferramentas. Entendido assim, o 5S pode ser praticado por qualquer pessoa, em qualquer lugar, para facilitar a solução de qualquer desafio.

Finalmente, essa tradução aproxima o 5S de o que é natural no organismo vivo. Praticar 5S é semelhante ao que qualquer ser vivo faz para viver.

3. Como a vida

A natureza do 5S é semelhante à natureza dos seres vivos. Está dentro de nós

5SComandoNo corpo humano

Senso de Utilização
Separar o que é útil do que não é. Melhorar o uso do que é útil.
Nosso corpo descarta o que não precisa e usa o que lhe é útil em infinitas reações químicas.

Senso de Ordenação
Um lugar para cada coisa. Cada coisa no seu lugar.
São vários sistemas, nos quais cada célula está em seu lugar.

Senso de Limpeza
Limpar e evitar sujar.
Não viveríamos se não houvesse limpeza constante do organismo pelas fezes, urina, respiração, anticorpos etc.

Senso de Saúde
Padronizar as práticas saudáveis.
O que cada célula deve fazer para a saúde do organismo está "escrito" no DNA.

Senso de AutodisciplinaAssumir a responsabilidade de seguir os padrões saudáveis.Não precisamos chamar a atenção da célula para fazer o que lhe compete. Ela faz o que tem de ser feito.


4. O 5S agora, para os desafios de hoje


Aprender 5S é como "reaprender" o que é natural. Podemos nos inspirar no nosso corpo para cuidar do mundo em que atuamos.

Com a alta tecnologia e a velocidade com que chegam e se perdem as novidades, a prática do 5S é mais necessária do que nunca.

Após a guerra, no Japão, era preciso dar um jeito na bagunça para retomarem a vida. Agora, há outro desafio constante a ser atendido, mesmo em países que não passaram por guerra. No mundo de hoje, as coisas chegam muito depressa e rapidamente perdem o valor. Há uma chuva de informações, oportunidades e descartáveis chegando a todo momento.

O papel principal do 5S, hoje, é nos orientar como observar, avaliar e tomar decisões adequadas para nosso crescimento e formação como pessoa, cidadão e profissional.

Com o 5S, teremos serenidade para bom proveito, sem estresse, das oportunidades do novo jeito de viver.

Este texto de cima aprendemos com o Japão.


Foz do Iguaçu, 13/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 13/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 13/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

domingo, 11 de outubro de 2015

ESCOLHA SEU PERFIL, EIS AS CARACTERÍSTICAS DISPONÍVEIS!


SABEDORIA certamente não está no estulto!
VERDADE é justa e a mentira está no insulto!
AMOR está na entrega que emana do coração!
FRATERNIDADE é democrática, EGOÍSMO não!
PRECONCEITO tem conceito feito de sujeira!
COMPREENSÃO é assimilação sobremaneira!
IGUALDADE é retratar-se em real humildade!
LIBERDADE é a equivalência da identidade!
RESILIÊNCIA: hábil, se adapta fácil às intempéries!
ESTUPIDEZ se encontra em série, deveras paupéries!
DISTOPIA, vive-se com excesso de perda ou opressão!
LENIÊNCIA trata-se com brandura, afeição e atenção!
PRODIGALIDADE, ação de corrupto, atua com desperdício!
PARCIMÔNIA característica do que é escasso! Sacrifício!
AÇODAMENTO é inimigo da perfeição, é imprudência!
TACANHO tem estreiteza de ideias, é uma excrescência!
CABOTINO é presumido! Ninguém percebe sua ausência!


Foz do Iguaçu, 11/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 11/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 11/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

NAU DOS NAVEGANTES


A Nau dos navegantes constituintes está sem empuxo, sério!
O navio está insalubre, prejudica a saúde; é nocivo, deletério!
Têm tanta mentira, trapaça e tanto jogo espúrio... É só mistério!
Quem é navegante não quer ser marujo, mas comandante! Critério!
A conta de tutti capi reverbera e a do capo é o ápice do império!
Juntam-se os partidos, não dá um inteiro! É uma zombaria, ditério!
Partidos tal qual alcateia, todos querem abocanhar ministério!
Lá estão os lobos e os apaniguados que falsificam: é um adultério!
Nas sessões do plenário nos envergonham, usam muito impropério!
Tem discurso que é vergonhoso, infame, indigno! Um vitupério!
Se ofendem em público e depois jantam juntos... Despautério!
Todo corrupto merece castigo, correção enérgica...Um cautério!
O corrupto é perdulário, esbanjador do erário, é um gaudério!
Precisa-se de uma reviravolta, um revés, um vero revertério!
O corrupto precisa de censura, de repreensão, de reverbério!
Os cautos cientes de toda a situação precisam de um refrigério!
O melhor lugar para a boa reflexão é de se isolar num Monastério!
Lugar próprio para meditação e vida ascética, é num Ascetério!
Hoje, a corrupção grassa, atinge toda massa, menos o cemitério!
Hoje, paga-se para nascer e para morrer! Inflação em delírio...
Os que fazem todas as profissões, ganham pouco... Magistério!
Erva daninha mata-se com roundup, mas não corrupto! Ele é fértil!
Você aborta um, nasce mil! Corrupção, sua mãe não é estéril!



Foz do Iguaçu, 09/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 09/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 09/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

LIMITE DA AGONIA! O SUSTENTO DA FÉ!





LIMITE DA ATRIBULAÇÃO, DA ANGÚSTIA e DA AGONIA. O SUSTENTO DA FÉ
A SENSAÇÃO DE ESTAR NO FUNDO DO POÇO

Ao ler a Bíblia, alguns textos na internet, inclusive do site A Tenda na Rocha de Wilma Rejane, inspirei-me em escrever este texto.

Quando chegamos ao limite? Quando chegamos ao fundo do poço?
Quando perdemos nossas forças? Quando estamos à beira do abismo? Quando fecham para nós a porta da esperança?

É quando caímos por terra e ao entrar em contato com o pó do chão, é que vemos a nossa insignificância e que nada adianta a arrogância, a soberbia, alarde, altivez, galhardia, inanidade, jactância, orgulho, ostentação, ufania, vaidade, vanglória... Pois sim, várias vestes, um rosário de mau comportamento e nada agradável aos olhos de Deus! Se você não está vestido assim, certamente suas vestes refletem a simpleza, humildade, singeleza, simplicidade e modéstia. Então, vestido assim, ao chegar ao limite de suas forças e não enxergar solução, você pode esperar a divina providência. 

Vejamos exemplos de limite dos limites:

O limite de Moisés era o mar... Deus abriu!
O limite de Abraão era a morte do Isaac... Deus proveu o cordeiro!
O limite de Ana era a esterilidade... Deus lhe deu um filho!
O limite de Jó era ficar sem nada... Deus lhe devolveu tudo!

O de Pedro era ficar preso... Deus o soltou dos grilhões, da prisão!
O de Daniel, morrer pelos leões... Deus o tirou da cova dos leões!

O limite de Sadraque, Menzaque e Abednego era morrerem pelo fogo... Deus os livrou de morrerem na fornalha!

O limite da Mulher do fluxo de sangue era a eterna hemorragia... Jesus a curou!

O limite da filha de Jairo era continuar morta... Jesus a ressuscitou!

Jairo e a Mulher com fluxo de sangue, duas vidas cheias de fé, entre centenas de de outras vidas incrédulas. Coincidência, a menina que foi ressuscitada por Jesus tinha 12 anos e a Mulher que foi curada do fluxo de sangue, sofria também há 12 anos. 

Jairo e a Mulher venceram pela fé a si mesmos, pois deixaram para trás as opiniões alheias e contrárias que conspiravam a favor da morte e do eterno sofrimento. 
Quando os ouvidos de Jairo e da Mulher se fecharam para o mundo e seus corações se abriram para Deus, deu-se "O povo foi posto para fora, Jesus entrou" 9:24- Matheus.

Olhemos para Jesus - "Autor e consumador de nossa fé - Hebreus 12:2", se quisermos transformar os ambientes de morte e se quisermos calar os instrumentos de pranto e lamento.
Não são muitos os que vencem através da fé, são apenas os que andam na contramão da multidão incrédula.

Como Jairo, a Mulher com hemorragia, o ladrão na Cruz e o próprio Jesus é que nos capacita para tanto a fazer o mesmo. Tenhamos fé!

O limite de Lázaro era continuar morto... Deus o ressuscitou!
O limite de Cristo era a morte... Deus o ressuscitou!

Qual teu limite? Que Deus abençoe tua vida abundantemente em paz e saúde, e, que aquilo que o limita seja só o instrumento para o milagre de Deus na tua vida!


Não olhe para a situação que te aflige, que te angustia, que te tormenta, que te martiriza e que te agoniza, trazendo atribulação e ansiedade,  e, que o sufoca como se chegasse ao fim de tudo, mas como a única e premente oportunidade da manifestação da Glória de Deus!

Não importa o que te aconteça, tua alma pode estar chorando em genuflexão, mas o teu semblante tem que mostrar serenidade, e, esboçar sorriso demonstrando alegria e confiança, e fé em Deus que tudo vai melhorar! Sempre e sempre tudo melhora! A noite cede lugar, sempre, para um lindo alvorecer! O sol volta a brilhar!

Para tudo há um tempo, até o tempo em que Deus opere em tua vida, aliviando teu sofrimento, tua angústia, enfim, colocando fim na tua atribulação!

P.S.: Frases sobre o tema FUNDO DO POÇO
1. No fundo do poço só existe um lugar para olhar, para cima... A luz de sua saída aponta e dirige-se ao céu! - Ariexiet - out/2015
2. Há momentos em que o melhor lugar para se estar é no fundo do poço, porque nele a única opção que temos de sair, é subir com a ajuda de Deus! Por exemplo, livrar-se das drogas! - Ariexiet - out/2015
3. Não existe fundo de poço tão profundo, fundo, que Deus não possa resgatá-lo! A paciência é a caçamba e a fé em DEUS é a corda para o resgate! - Ariexiet - out/2015
4. Às vezes é preciso cair e chegar ao fundo do poço para vestirmos o traje da humildade e em genuflexão orar a Deus e pedir para que Ele incline seus ouvidos, atenda a nossa oração e que nos lembre de que sozinhos não somos suficientes para nos resgatar e nos livrar da angústia! - Ariexiet - out/2015

Foz do Iguaçu, 05/10/2015
Publicado no www.nelmite.blogspot.com em 05/10/2015
Publicado no Recanto das Letras em 05/10/2015
http://www.recantodasletras.com.br/autores/noslen
Outros autores também no Recanto com outros textos:
http://www.recantodasletras.com.br/autores/nelmite
http://www.recantodasletras.com.br/autores/gurosyte